terça-feira, 5 de março de 2013

Filme: A garota Ideal

"É uma pena que precisemos tanto de julgamentos 
sobre o que é um comportamento normal ou não – 
sempre esquecendo que a “normalidade” muda conforme 
a cultura e o tempo histórico. Esquecendo também de olhar 
para a própria vida, com a honestidade necessária, 
para perceber que cada um de nós acredita em coisas muito estranhas e bizarras. 
Apenas que são coisas que mais gente também acredita. 
Este, aliás, é um exercício bem interessante, 
capaz de alargar os limites sempre estreitos de nossa tolerância."

Olá especiais sentados no Nosso Sofá!!!

Faz tempo que não "rola" uma pipoquinha aqui no nosso sofazinho....

E hoje temos mais um filme do Ryan Gosling! Gente, este ator é meu "totoso" favorito! Ó, homem bonito e talentoso!

Confere quantos filmes ele já participou, começou novinho....

  • Diário de uma Paixão (2004) – quem nunca assistiu? Maravilhoso!;
  • A passagem (2005) – não assisti, a sinopse do filme é boa, mas, não achei nenhum trailer;
  • Half Nelson (2006) - está na minha listinha de filme á assistir;
  • Um crime de mestre (2007) – não consigo lembrar deste filme, na dúvida vou alugar novamente, o trailer é ótimo;
  • A garota ideal (2007)é o filme de hoje no blog;
  • Entre segredos e mentiras (2009) - está na minha listinha de filme á assistir;
  • Namorados para sempre (2010) – esperava mais deste filme, falaram tanto dele...achei ele muito “desconstruido”, mas, no sentido ruim, não no bom, e o final me deixou com muita raiva;
  • Amor a toda prova (2011) meu preferido, adoro este filme, já falei dele aqui no blog;
  • Drive (2011) – não assisti;
  • Tudo pelo poder (2011) – está na minha listinha de filme á assistir;
  • Caça aos gangsteres (2012)- porque anunciam no cinema e depois não lançam? Estava previsto para estar nas telonas agora em 2013,mas, não vi nenhuma  sessão, estou esperando ansiosa para locar o DVD.
Para quem também gosta do Ryan, vale a pena conferir os filmes em que ele atuou. 

Passado o momento tiete, agora vamos ver um pouco do Filme: A garota ideal (Lars and the real girl).

Ano: 2007

Gênero: Romance, drama

Para assistir com: sozinho, amigos.

Como cheguei neste filme: Lendo em 2010 a coluna da minha escritora preferida: Eliane Brum

Sinopse: Lars Lindstrom (Ryan Gosling) é um homem tímido e introvertido, que vive na garagem de seu irmão mais velho, Gus (Paul Schneider), e sua cunhada Karin (Emily Mortimer). Lars apenas acompanha o desenrolar de sua vida, sem se mexer para algo. Até que um dia ele encontra Bianca, uma missionária religiosa, através da internet. O problema é que para as pessoas Bianca não é alguém real, mas a réplica de uma mulher, feita de silicone. Só que Lars acredita piamente que ela é um ser humano, o que faz com que se torne seu apoio emocional. Preocupados, Gus e Karin decidem procurar o conselho de uma psicóloga, que recomenda que concordem com Lars enquanto ele lida com seus problemas pessoais

Trailer.

Porque assistir: Se você for altamente conservador e fechado para as diferenças, não ingresse nesta jornada. E não venha com "mi-mi" para o meu lado...Já disse uma vez, não precisa concordar com tudo, mas, precisa aprender a respeitar! E pessoas sem este principio não vai apreciar devidamente este filme!

Este filme aborda algo em que todos nós nos vemos envolvidos um dia ... A SOLIDÃO! A diferença é que Lars está submerso nesta solidão, e encontra um artificio diferente para combater esta fase, começa a se relacionar com uma boneca inflável!

Imagina a reação da sociedade com esta cena? Tradicionalmente ficaria chocada, ofendida! A do filme acha estranho, mas, não contesta (aliás o ator Ryan faz muito bem o papel de rapaz estranho). No decorrer do filme, Lars encontra "apoio" em sua comunidade e junto a sua família, o que rende cenas cômicas, como a da sala de espera em que ele diz que Bianca (a boneca) adora crianças, e também cenas tocantes como a dos moradores inserindo a Bianca nas atividades da cidade, o que coloca nas telas o
poder do amor.

“Lars e a garota real” (ou “A garota ideal”), o filme, é uma fábula. Não por causa de Lars, mas por nossa causa. Naquela cidade as pessoas são muito melhores do que nós. De repente percebi, assistindo ao filme, que o mais estranho ali não era Lars e sua boneca, mas todos os outros. Porque, NESTA vida real, não há nada mais distante do normal, não há nada mais bizarro ou fora da casinha, do que gente que, em vez de julgar, catalogar e descartar aquele que é diferente, escuta, aceita e acolhe. Este – e não o de Lars – é o comportamento mais lunático do filme. Uma pena não para os Lars da vida, mas para todos nós." (Eliane Brum)

O filme não é uma comédia... para mim é um romance dramático com pitadas de humor.

O bacana é que em meio ao seu desespero emocional... esta "muleta" que ele encontra para ultrapassar esta fase da vida, acaba sendo útil, possibilitando que ele transpasse para uma nova fase de vida!

Realmente seria bom que as pessoas compreendessem nossas neuroses, toc's, manias, crendices... entendessem que fazem parte de nós, e que todos tem um "quê diferente"! Acredito que desde que não faça nenhum mal físico (e/ou emocional persistente) a si mesmo ou ao próximo, é válido!

Bjuxxx cinéfilos

2 comentários:

Carmen | Blog Uze e Abuze disse...

Nhaai, quero assistir *-* Obrigada pela dica!!

Vem visitar meu blog e ver o vídeo novo! É um tutorial bapho de make ;) Beijos mil

Blog Uze & Abuze

Dri Ribeiro disse...

Obrigada pela visita Carmen!!! Assiste sim, vai gostar. Já conferi o seu post. Lindo!!!Bjuxxx